mini borboleta

Objetos na Decoração

Entrevistar o Cliente

 

O primeiro ponto de partida, para entender como o cliente é; do que ele gosta; o que ele necessita; quais são suas prioridades; é fazendo uma “entrevista” com o cliente.

Quanto mais informações pertinentes ao uso do espaço nós tivermos, mais assertivos seremos na decoração e consequentemente teremos um cliente muito feliz com o resultado do nosso trabalho.

Além destas informações indispensáveis para que o projeto tenha a conveniência esperada é fundamental saber o quanto o cliente quer investir.

Este fator é crucial, para que não gere nenhum tipo de mal- estar entre o profissional e o cliente. “O que é combinado não é caro”.

O 1º ponto de partida, para entender como o cliente é; do que ele gosta; o que ele necessita; quais são suas prioridades; é fazendo uma “entrevista” com o cliente.

Quanto mais informações pertinentes ao uso do espaço nós tivermos, mais assertivos seremos na decoração e consequentemente teremos um cliente muito feliz com o resultado do nosso trabalho.

Além destas informações indispensáveis para que o projeto tenha a conveniência esperada é fundamental saber o quanto o cliente quer investir.

Este fator é crucial, para que não gere nenhum tipo de mal- estar entre o profissional e o cliente. “O que é combinado não é caro”.